O Histórico

O Departamento Social Feminino foi criado oficialmente no dia 3 de outubro de 1959, com a finalidade de ter suas atividades paralelas às atividades da UMEAS, visando especificamente o atendimento relacionado ao bem-estar social. Por iniciativa da União Feminina da Igreja que se reúne na Rua Hugo, 254, Vila Rosali. Na ocasião, as irmãs encontraram o apoio incondicional de um grupo de irmãos que fazia parte da diretoria da então “UME” União Missionária de Evangelização. Numa reunião que foi presidida pela irmã Maria Luíza da Costa e secretariada pela irmã Odalea dos Santos, se elegeu a primeira diretoria do Departamento Social Feminino, para dar continuidade às atividades do recém criado Departamento, ficando constituída pelas seguintes irmãs: Presidente: Maria Luiza da Costa, Vice-presidente: Geraldina  Aurea de Oliveira, primeira secretária: Alzira Rosa Coelho, segunda secretária: Arlete  Benavenuto, Tesoureira: Ruth Ribeiro Furtado. O irmão Murilo deu posse  a Diretoria do Departamento Social Feminino e em questão leu-se em 1ª Coríntios 15:58 capítulo 16:14 e 2º Crônicas 16:7 que  depois da mensagem o referido irmão expôs alguns conselhos às irmãs empossadas pela responsabilidade recebida. Em seguida, passou a chamada das Uniões que estavam presentes, a começar pela União Feminina da Igreja local, Vila Rosali, Miguel Pereira, Paty do Alferes, Vila Floresta e  Duque de Caxias.

 Na 2ª reunião do DSF com a diretoria já empossada oficialmente e trabalhando, foi proposto pela irmã Geraldina Aurea de Oliveira que as reuniões do DSF passassem a ser realizadas de três em três meses, juntamente com a reunião da UME, nesta reunião o DSF daria o seu relatório financeiro. Estas reuniões aconteceram até o ano de 1961, quando o Departamento passou a se reunir mensalmente, a partir do mês de janeiro de 1962.

O trabalho que mais fortaleceu o DSF nos primórdios foram as visitas nas maternidades e a doação de roupas para as crianças carentes. A primeira oferta levantada no DSF foi para comprar roupas para recém-nascidos no Hospital e Maternidade de São João de Meriti.

O serviço social destas irmãs era tão importante que na Ata datada de 22 de maio de 1960, as irmãs relataram a entrega de roupas e calçados no município de Guararema, onde um obreiro relatou que as roupas e os calçados chegaram para a sua família em um momento muito preciso, pois não tinham dinheiro para compra-los.

Este legado tem permanecido até o dia de hoje, com o mesmo propósito, ajudando o Acampamento Crescendo para Cristo, crianças carentes (conforme o relato da União Feminina), ajudando também o Lar Evangélico nas suas festividades, assim como:  o 1º de maio, o segundo sábado de agosto, a Conferência Missionária no dia 7 de setembro, o 15 de novembro e especialmente, a reunião como é conhecida “Festejando o Natal com os Idosos”, para este último evento é feito uma campanha prévia entre as Uniões Femininas, para arrecadar lembrancinhas conforme a necessidade no momento, exemplo: material de higiene pessoal, meias, toucas para o frio, etc.

O DSF tem mantido com firmeza as “Campanhas do Quilo”, mensalmente conforme a escala prévia distribuída entre as Uniões Femininas, acontecendo desde 1967.

A divisa recitada ao longo desses anos tem sido 1ª Coríntios 15:58, que nos diz: “Portanto meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor”.